Esportes

Insatisfeitos com redução salarial, lateral e zagueiro deixam São Bento

Após anunciar a saída do zagueiro Flávio Boaventura, o São Bento comunicou nesta quarta-feira a demissão de mais dois jogadores, que não fazem mais parte do elenco para a sequência da Série A2 do Campeonato Paulista. São eles: o lateral Allan Vieira e o zagueiro Douglas Assis.

Ambos não concordaram com a readequação de contrato que foi proposta pela diretoria do São Bento e por isso foram liberados. Os dois defensores tinham contrato até o final da temporada. Os vínculos foram rompidos em comum acordo entre as partes.

Allan Vieira vinha sendo titular absoluto na lateral-esquerda, atuando em nove das 12 rodadas do estadual disputadas até aqui. Ele também marcou um gol. Já Douglas Assis balançou às redes duas vezes, em seis partidas com a camisa do São Bento. O zagueiro vinha ganhando a titularidade após a chegada do técnico Edson Vieira.

O São Bento está na nona colocação da Série A2 do Campeonato Paulista, com os mesmos 18 pontos de Portuguesa, Juventus e São Caetano, que aparecem na frente por causa dos critérios de desempate. Faltando três rodadas para o fim da fase classificatória, o Bentão tem pela frente Atibaia (casa), Audax (fora) e Monte Azul (casa).

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Márcia Bonde divulga vídeo e deixa fãs sem fôlego

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar