Farol ISTOÉ

Ingleses não engolem Neymar

Ingleses não engolem Neymar

Ao aparecer vestido de monge na série da Netflix 'La Casa de Papel', Neymar adicionou um novo capítulo a sua novela global, enquanto aguarda sua transferência ao Barcelona - AFP

As publicações britânicas são pródigas em listas de tudo. No início da semana, o jornal The Guardian publicou sua lista com os 100 melhores jogadores de futebol de 2019. Neymar ficou em 31º lugar. Está certo que seu ano foi ruim, com contusões, escândalos e excesso de festas, mas ele vem se recuperando nos gramados. Mesmo assim, deixá-lo atrás de Bernardo Silva (16º), do Manchester City, Robertson (23º), do Liverpool, Oblak (24º), do Atlético de Madrid, Tadic (27º) e Ziyech (29º), do Ajax, e Koulibaly (30º), do Napoli. Entre os brasileiros, Firmino e Allison, do Liverpool, estão melhor ranqueados, em 11º e 9º lugares, respetivamente.

A lista serve para indicar que o maior craque da seleção está longe de entrar para as listas do melhor do mundo, como persegue desde que foi para a Europa. Em 2020, fala-se que ele pode, finalmente, retornar ao Barcelona, ao lado de Messi e do uruguaio Suárez. Pode começar aí a volta por cima do brasileiro.