Geral

Influenciadora obriga filho a chorar em vídeo e abandona as redes após críticas

Crédito: Reprodução

A influenciadora Jordan Cheyenne apagou a sua conta no YouTube e no Instagram depois de ser flagrada “produzindo” um vídeo em que obrigava o filho de nove anos a chorar. Na gravação, ela e o filho estavam fazendo a imagem que serviria de abertura para o vídeo do canal.

Nele, eles falariam sobre o cachorrinho da família, que estaria doente. No início, ela chora e a criança está fora de quadro. Então, ela é vista puxando o menino, que chorava: “Chegue mais perto”, diz ela.

“Coloque sua cabeça bem aqui”, disse, puxando a cabeça do menino para seu ombro. “Aja como se estivesse chorando”, afirmou. “Estou chorando”, diz o menino, que estava visivelmente chateado.

Depois, ela faz uma cara de choro e diz ao filho: “Faça assim para o vídeo”. Então, a mãe continua a mostrar para o filho como ele deve chorar. “Deixe que eles vejam sua boca”, explica.

Depois de “dirigir” o filho para o vídeo, ela publicou o vídeo sem querer. A cena chocou seus seguidores. Mais tarde, ela fez um pedido de desculpas em que dizia estar “imensamente decepcionada” com ela mesma.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago