Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

As modelos tradicionalmente vivem uma rotina desgastante de cuidado excessivo com o corpo, mas a moda parece cada vez mais inclusiva e demandante de menos exageros. Exemplo disso é a empresária Maitê Miyao, que, além de dona, é também a principal referência da marca de roupas que leva o seu nome.

De acordo com Maitê, o trabalho de modelo e influenciadora digital demanda um certo cuidado com o corpo, mas sem exageros. Deste modo, a empresária que soma mais de 170 mil seguidores no Instagram relata que as clientes criam maior identificação com a sua marca.

“Uma das razões de eu mesma fotografar é também para mostrar um corpo normal, várias meninas se identificam comigo. Por mais que eu use o P da marca, ainda assim tenho um corpo normal. Além disso, eu uso as roupas todos os dias, então vou criando o desejo por aquela peça. De qualquer forma, tento me manter bem e saudável, faço academia, porém, não é algo que é totalmente meu foco”, explicou a empresária.

De camelô a empresária, Maitê começou o seu empreendimento em 2016, quando investiu apenas R$ 400 junto com o então namorado Vitor Oliveira – e atual marido -, Vitor Oliveira. Atualmente, a marca possui uma loja em São Paulo no Shopping Canindé, localizado no Brás.

“A empresa demanda muito meu foco e meu tempo, eu tento conciliar com academia porque além do corpo, me ajuda muito na disposição, porém não mantenho uma rotina super regrada, mas pelo meu bem estar vou encaixando no dia dia”, contou.

“Estamos muito focados na empresa esse ano, antes da metade do ano dobramos nosso faturamento e estamos com uma expectativa muito positiva”, concluiu.