Esportes

Infectados, 8 jogadores do Independiente são barrados em Salvador antes de jogo com Bahia


Onze integrantes da delegação do Independiente de Avellaneda, incluindo oito jogadores, foram impedidos de entrar no Brasil, onde nesta terça-feira o clube argentino enfrenta o Bahia pela Copa Sul-Americana, por apresentarem resultados positivos para covid-19.

“Depois de serem maltratados por mais de 20 horas pelas autoridades sanitárias da Bahia, os onze retidos já estão voando de volta para a Argentina. O restante da delegação está no Brasil e pronta para jogar a partida”, disse o ‘Rey de Copas’ em uma mensagem no Twitter.

Segundo a imprensa brasileira e argentina, oito jogadores, o técnico responsável, um dirigente e um assessor de imprensa testaram positivo nos exames realizados no sábado antes de viajar na véspera para Salvador.

O clube vermelho garante que as onze pessoas tiveram resultado positivo porque já haviam sido infectadas, embora estejam atualmente numa fase em que não contaminam, por isso a Conmebol permitiu que viajassem, segundo versões na imprensa.

O Brasil exige teste negativo para estrangeiros que chegam de avião ao seu território, explicou a autoridade sanitária (Anvisa) em um comunicado.

Os infectados são os jogadores Juan Manuel Insaurralde, Adrián Arregui, Pablo Hernández, Renzo Bacchia, Gonzalo Asís, Thomas Ortega, Nicolás Messiniti e Lucas González, além do técnico responsável Pedro Monzón, que iria substituir Julio César Falcioni, ausente devido a um problema familiar, conforme a súmula da partida divulgada pelo clube.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



O Independiente viajou com um elenco de 26 jogadores, portanto tem apenas 18 disponíveis (dois deles são goleiros) para defender a liderança do Grupo B na Sul-Americana.

Os onze integrantes do Independiente pernoitaram no aeroporto, onde denunciaram maus-tratos policiais, e os demais foram para o hotel de concentração em Salvador.

Na madrugada, a Conmebol anunciou o adiamento do jogo para quarta-feira, mas depois desistiu a pedido do Independiente, que “pediu para manter o calendário pensando no calendário” sobrecarregado que se avizinha, afirmou o time argentino em outra mensagem.

raa/js/cl/aam

Twitter

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS