Economia

Índice alemão Ifo de sentimento das empresas sobe mais do que o esperado em maio

O índice de sentimento das empresas da Alemanha subiu da mínima histórica de 74,2 pontos em abril para 79,5 pontos em maio, em meio à melhora da confiança com a gradual reabertura da maior economia da Europa após o choque da pandemia de coronavírus, segundo pesquisa divulgada hoje pelo instituto alemão Ifo.

O resultado de maio superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam alta do índice a 76,8. O dado de abril foi revisado para baixo, de 74,3 pontos originalmente.

“O sentimento entre empresas alemãs se recuperou até certo ponto, depois de alguns meses catastróficos”, avaliou o presidente do Ifo, Clemens Fuest.

O chamado subíndice de expectativas econômicas do Ifo avançou de 69,4 pontos em abril para 80,1 pontos em maio. Por outro lado, o subíndice de condições atuais recuou de 79,4 para 78,9 pontos no mesmo período.

A pesquisa mensal do Ifo envolve cerca de nove mil empresas dos setores de manufatura, serviços, comércio e construção. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

Tópicos

Alemanha Ifo