Mundo

Índia reduzirá toque de recolher na Caxemira após festa nacional da independência

Índia reduzirá toque de recolher na Caxemira após festa nacional da independência

Barreira de segurança em Srinagar, na Caxemira, em 12 de agosto de 2019 - AFP

A Índia vai suavizar o toque de recolher imposto na Caxemira após a festa nacional da independência na quinta-feira, mas o acesso a linhas telefônicas e internet permanecerá bloqueado, informou o governador do estado de Jammu e Caxemira.

“Não queremos oferecer ao inimigo estas ferramentas de comunicação antes que as coisas fiquem tranquilas”, declarou o governador Satya Pal Malik em uma entrevista ao jornal Times of India.

“Dentro de uma semana ou 10 dias, tudo estará bem e vamos abrir progressivamente as linhas de comunicação”, completou.

A Caxemira está isolada desde 4 de agosto, coma as comunicações cortadas e concentrações públicas proibidas, após a mobilização de dezenas de milhares de soldados indianos nesta região do Himalaia, onde a Índia já mantinha meio milhão de soldados.

Um dia depois, o governo indiano anunciou a revogação da autonomia constitucional de Jammu e Caxemira (norte), uma medida explosiva com o objetivo de deixar sob controle direto de Nova Délhi esta região habitada majoritariamente por muçulmanos.

Na terça-feira, o porta-voz do ministério indiano do Interior anunciou no Twitter a retirada “progressiva” das restrições impostas em Jammu e Caxemira.

De acordo com os moradores, o bloqueio não conseguiu impedir o protesto de 8.000 pessoas depois da oração de sexta-feira, que foi dispersado pelas forças de segurança.

As autoridades reduziram as restrições de forma temporária no domingo para permitir que a população preparasse as celebrações da festa muçulmana do Aid al Adha, que começaram na segunda-feira.

Porém, novas medidas foram adotadas após as manifestações que reuniram centenas de pessoas, de acordo com os moradores.

O primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan, que comparou o governo da Índia à Alemanha nazista, deve pronunciar um discurso nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa na Caxemira paquistanesa.

Índia e Paquistão, duas potências nucleares, travaram duas guerras por este território do Himalaia, dividido após a independência do império colonial britânico em 1947.

burs-ja-stu/je/lth/jhd/es/zm/fp