Mundo

Incêndio em fábrica deixa ao menos 43 mortos na Índia

NOVA DÉLI, 8 DEZ (ANSA) – Pelo menos 43 pessoas morreram e outras 16 ficaram feridas neste domingo (8) em um incêndio em uma fábrica em Nova Déli, capital da Índia.   

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

De acordo com as autoridades, o número de mortos pode aumentar já que das pessoas resgatadas no local muitas estão em estado grave. Ao todo, 58 vítimas foram localizadas, sendo que 16 foram hospitalizadas.   

O incêndio foi registrado por volta das 5h30 (horário local) na parte inferior da fabricante de mochilas, localizada no centro histórico da cidade, na região chamada Azad Market. O local tem quatro andares. A causa da tragédia ainda está sendo investigada. A polícia informou que os mortos eram trabalhadores migrantes do estado de Bihar, no leste do país, e estavam dormindo quando as chamas atingiram o local. Segundo o chefe dos Serviços de Bombeiros, Atul Garg, o fogo já foi controlado. Em sua conta no Twitter, o primeiro-ministro indiano, Narendra Mode, classificou a tragédia como “horrível”. “Os meus pensamentos estão com aqueles que perderam os seus entes queridos. Desejo aos feridos uma rápida recuperação”, escreveu.   

(ANSA)

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea