Geral

Incêndio atinge hospital de Bonsucesso, na zona norte do Rio

Cerca de 200 pacientes estão sendo removidos do Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte do Rio, que teve um princípio de incêndio na manhã desta terça-feira, 27. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio já está controlado. Ainda não há informações sobre eventuais feridos em função do incidente. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 9h50 e estão no local com equipes de cinco quartéis diferentes. O fogo teria começado no prédio 1 da unidade, no qual se localizam as enfermarias.

Os pacientes estão sendo transferidos para outras alas do próprio hospital, mas alguns estão sendo levados a outras unidades de saúde do Rio. Caso haja necessidade, não está descartada a reabertura do Hospital de Campanha do Riocentro, que serviu para tratar pacientes com covid-19 durante o momento mais crítico da pandemia, para receber os internados.

Apesar de controlado, ainda havia, por volta das 12h, intensa quantidade de fumaça saindo de prédios e os bombeiros atuavam no trabalho de rescaldo. Doze ambulâncias da própria corporação estão de prontidão para o caso de haver a necessidade de uma transferência em massa.

O incêndio começou no subsolo do Prédio 1 e se alastrou pelo almoxarifado. O mesmo edifício concentra ainda a enfermarias e salas de raio-X. Bombeiros de dez quartéis foram mobilizados, além do Grupamento Tático de Suprimento de Água para Incêndios (GTSAI).

O Hospital de Bonsucesso é considerado o principal dos seis federais do Rio. No início da pandemia, chegou a receber a visita do ex-ministro da Saúde Nelson Teich. A unidade fica em posição estratégica, na Avenida Brasil, o que facilita o atendimento a pacientes de outros municípios, como os da Baixada Fluminense.

Referência em serviços de média e alta complexidade, o hospital faz cerca de 15 mil consultas ambulatoriais todo mês, além de 1.300 internações, 1.200 atendimentos de emergência, 120 mil exames laboratoriais e 5 mil exames de imagem.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel