Mundo

Impeachment de Trump seria prematuro agora, diz líder democrata

Impeachment de Trump seria prematuro agora, diz líder democrata

Nancy Pelosi, na coletiva de imprensa semanal no Capitólio, em Washington, em 23 de maio de 2019 - AFP

A presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, afirmou nesta quinta-feira (23) que está cedo para iniciar um processo de impeachment do presidente Donald Trump, uma iniciativa que ela considera “muito divisiva”.

Pelosi disse que Trump está “decepcionado” que a oposição não tenha tomado o caminho do impeachment, já que essa iniciativa poderia fortalecer suas tentativas de reeleição.

“Podemos entregar os fatos ao povo americano por meio de nossa investigação”, disse Pelosi à imprensa, referindo-se à apuração iniciada pelo Legislativo sobre Trump.

“Pode nos levar a um momento em que o impeachment seja inevitável, ou não, mas não estamos nesse momento”, acrescentou.

“Acho que um impeachment seria, sem dúvida, uma fonte de grandes divisões para o nosso país”, acrescentou.

A tensão entre Trump e os democratas aumentou depois que o presidente anunciou, ontem, que não haverá mais cooperação em projetos como o plano de infraestrutura, por exemplo, até que os democratas ponham fim às suas “investigações falsas” contra ele.

Pouco antes, Pelosi o havia acusado publicamente de estar “envolvido em uma operação para acobertar” a interferência russa nas eleições de 2016.

Desde então, Trump lançou vários ataques pelo Twitter, acusando os democratas de “perseguição” e de serem o “partido que não faz nada”.

Pelosi teme que a abertura de um processo de impeachment prejudique os democratas nas urnas em 2020. A líder democrata acredita que a guerra política de Washington, que já cansa os eleitores, ofuscará as mensagens de campanha sobre os temas que realmente preocupam a população.

Segundo Pelosi, “a Casa Branca está pedindo o impeachment aos gritos”.