Brasil

Imagem de Virgem Maria com seio à mostra e órgão masculino em exposição gera polêmica no RJ

Crédito: Reprodução

A exposição Cine Desejo, no Centro Cultural Hélio Oiticica, na capital fluminense, está dando o que falar. A mostra fala sobre a história dos cinemas de rua que passaram a exibir filmes pornôs. O problema é que uma das obras expostas não agradou alguns parlamentares do Rio de Janeiro, que pediram à prefeitura carioca a retirada da peça do local.

Na obra em questão, a imagem ilustra a Virgem Maria com um seio nu e um órgão masculino, com a inscrição “Deus acima de tudo, gozando acima de todos”.

Um dos políticos que não gostou nada da manifestação cultural foi o deputado estadual Capitão Paulo Teixeira (Republicanos-RJ), que pediu à prefeitura do Rio de Janeiro. Outro deputado, Márcio Gualberto (PSL-RJ), se manifestou em suas redes sociais.

“O espaço, da Secretaria Municipal de Cultura do Município, dedicado à diversidade da produção artística contemporânea, exibe um absurdo escárnio da fé cristã. Um ultraje aos símbolos religiosos e até mesmo a valores caros ao Presidente da República. Isso é liberdade de expressão? Vou pedir explicações aos responsáveis pelo espaço e à Prefeitura do Rio de Janeiro”, afirmou o deputado na sua rede social.

Funcionários do Centro Cultural Hélio Oiticica informaram ao portal Extra que uma equipe da secretaria municipal de Cultura esteve no espaço nesta quinta-feira pela manhã e pediu que a classificação, que era de 10 anos, fosse mudada para 16 anos. As peças ainda estão na exposição. Por enquanto, o Centro Cultural informa que não recebeu qualquer determinação para retirá-las.