Geral

‘Igrejas não devem realizar cultos’, reforça Doria

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a reforçar nesta sexta-feira, 20, o pedido de que celebrações religiosas não sejam realizadas por sessenta dias, a partir de segunda-feira (23). “Até 20 pessoas no máximo em igrejas ou templo, OK”, disse o governador. “Mas não devem realizar cultos”, enfatizou o tucano.

Já o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse que “isolamento não é férias, fiquem em casa, é ato humanitário de respeito aos outros”.

Durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo estendeu elogios a todos os profissionais do sistema de Saúde – tanto pública, quanto privada – da segurança pública e da imprensa.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel