Mundo

Igreja Católica pede união na Argentina em missa com Macri e Fernández

Igreja Católica pede união na Argentina em missa com Macri e Fernández

O presidente argentino em final de mandato, Mauricio Macri, e seu sucessor, Alberto Fernández, acompanhados de suas companheiras, Juliana Awada (à esq.) e Fabiola Yáñez, respectivamente, em missa em frente à Basílica de Luján - NOTICIAS ARGENTINAS/AFP

A dois dias da transferência de poder, o presidente argentino em final de mandato, Maurício Macri, e seu sucessor, Alberto Fernández, assistiram juntos a uma missa na Basília de Luján, durante a qual se pediu união no país.

“O respeito pelo outro é a base da sociedade. Devemos manter a unidade e a paz. Não caia na tentação de querer destruir o outro”, disse o arcebispo Jorge Scheinig em sua homilia em uma cerimônia ao ar livre, em frente à Basílica de Luján, 70 quilômetros a oeste de Buenos Aires, diante de centenas de fiéis.

Macri e Fernández não deram declarações. Suas companheiras, Juliana Awada e Fabiola Yáñez, respectivamente, também participaram da missa, assim como membros de ambos os gabinetes.

Veja também

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Harley-Davidson HD350, chegando em 2021?

+ Xiaomi anuncia TV OLED com tela transparente por quase R$ 40 mil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?