Geral

Idoso que precisou ir de maca para fazer prova de vida do INSS morre no Piauí

Crédito: Reprodução/G1

Idoso que precisou ir de maca para fazer prova de vida do INSS morre no Piauí (Crédito: Reprodução/G1)


O idoso, de 80 anos, que precisou ir de maca até uma agência bancária fazer a prova de vida do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), morreu na última segunda-feira (14), em Piripiri, no Piauí.

Concessão de benefícios do INSS fica mais rápida a partir desta quinta

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória a partir de hoje

Médico a favor da cloroquina é alvo do INSS

O caso da vítima ficou conhecido após um parente postar nas redes sociais a obrigatoriedade de o idoso ir a até uma agência do Banco do Brasil para realizar a prova de vida. Ele sofria de sequelas de um acidente vascular cerebral (AVC) e estava acamado.

De acordo com informações do UOL, o idoso ainda precisava tirar secreções do pulmão com a necessidade de fazer sessões de fisioterapia. “Ontem [na segunda-feira] a fisioterapeuta percebeu que ele estava [muito] cansado”, disse a neta da vítima.

A neta do idoso ainda revelou que não sabe se a saída do avô no começo do mês para fazer a prova de vida do INSS presencialmente teria prejudicado a saúde do familiar.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ 15 cores de armários de cozinha que nunca sairão de moda
+ Conheça Emily Ratajkowski a modelo inglesa com mais de 28 milhões de seguidores
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago