Geral

Idosas cavam por anos ao redor de casa e recebem ajuda psiquiátrica em Maceió

Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Duas idosas passaram anos escavando ao redor de uma casa onde moravam em Maceió (AL), formando um grande fosso no terreno. Elas foram deslocadas para uma casa alugada pela família e estão recebendo assistência psiquiátrica. As informações são do G1.

“Na averiguação do problema, constatamos que o vínculo familiar das idosas, que viviam em companhia de uma neta adolescente, que também tem problemas, estava rompido. Mesmo assim, conseguimos reatar a relação familiar e os parentes alugaram um imóvel para abrigá-las, já que a casa onde elas viviam está com a estrutura comprometida”, disse Adriana Oliveira, assistente social que cuida do caso.

As duas irmãs possuem transtorno mental e cavaram o terreno da casa nos últimos 8 anos apenas com uma pá de pedreiro e um balde, onde juntavam a terra e jogavam na rua. O fosso de mais de um metro de altura, segundo os vizinhos, começou a comprometer a estrutura de imóveis do entorno, que apresentam rachaduras.

De acordo com o G1, a Coordenadoria Municipal Especial de Proteção e Defesa Civil (Compdec) fez uma vistoria no local e recomendou o aterro da área para minimizar os danos aos imóveis vizinhos.