Economia

Ibovespa futuro aponta queda após saída de técnicos do Ministério da Economia


SÃO PAULO (Reuters) – As ações brasileiras devem ter outro dia de desvalorização nesta sexta-feira, após a saída de importantes técnicos do Ministério da Economia e da aprovação da PEC dos Precatórios em comissão da Câmara, alterando a regra de correção do teto dos gastos para viabilizar o pagamento do Auxílio Brasil até o fim de 2022.

Às 9:37, o contrato de futuro de Ibovespa com vencimento em dezembro apontava baixa de 0,66%, aos 107.940 pontos.

Na véspera, já refletindo o noticiário sobre planos do governo para furar o teto de gastos para viabilizar seu programa, o Ibovespa caiu 2,75%, para o menor nível de fechamento desde novembro passado.

“Com a confiança no governo abalada, investidores deverão se manter na defensiva, resultando em bolsa para baixo, juros para cima e câmbio pressionado”, afirmou em nota o economista-chefe da SulAmérica Investimentos, Newton Rosa.

(Por Aluísio Alves)


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais