Economia

Iata reforça pedido às autoridades globais de postergação de regras de slots

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) reforçou o pedido às autoridades globais para postergar a isenção (waiver) da regra dos slots (autorização de pouso e decolagem nos aeroportos) para se evitar maiores riscos à conectividade global via modal aéreo. O desafio mais próximo no horizonte, segundo Sebastian Mikosz, vice-presidente sênior para membros e relações externas da Iata, e Lara Maughan, chefe global de slots da associação, está na temporada de verão do hemisfério norte, que começa no dia 28 de março de 2021. “Há um prazo para se trabalhar os slots. A falta de certezas agora (sobre a demanda) torna o cenário complexo para as aéreas planejarem seus slots para o verão”, disse Maughan.

O maior desafio hoje é conseguir mais prazo junto às autoridades da União Europeia. Pela regra, as aéreas precisam manter um uso de 80% dos seus slots para conseguir os horários na próxima temporada. A Comissão Europeia, no mês passado, autorizou a suspensão da regra durante a temporada de inverno no hemisfério, que vai até o dia 27 de março de 2021. Pela regra, uma empresa aérea teria de operar uma aeronave mesmo que vazia para não perder o direito sobre o horário. O cenário obrigaria as companhias a queimar caixa em um momento de muita fragilidade.

No Brasil, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) prorrogou a medida (waiver) que abona o cancelamento de slots para a temporada Inverno 2020 (W20), compreendida entre 25/10/2020 e 27/03/2021.

Os membros da Iata lembravam que em 2020 o número de ligações entre as cidades no mundo via modal aéreo (unique city-pair, no jargão do setor) deve apresentar queda de 33% na comparação com 2019, para 14.765. É a primeira queda desde a crise financeira global.

“Perdemos uma conectividade que demorou anos para ser construída”, disse Mikosz. “Nossa posição é que quanto mais conectividade, melhor para o passageiro, porque ele tem possibilidade de escolher o seu destino e isso é fundamental para a retomada da demanda”, disse. Mikosz destacou ainda que, depois do preço do bilhete, a conectividade das aéreas é o principal fator de competitividade entre as companhias.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Os dois participaram de painel na 76ª Assembleia Geral Anual (AGM), na manhã desta segunda-feira. A programação toda deveria ter ocorrido na metade deste ano em Amsterdã, mas foi postergada para novembro. A pandemia, entretanto, impossibilitou a realização presencial do evento, que foi transferido para uma versão online pela primeira vez. A agenda de reuniões começa hoje e vai até o dia 25.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel