Brasil

Hospital entrega feto em garrafa de soro para indígena com Covid-19 após aborto espontâneo

Crédito: Reprodução Facebook

David e a esposa Jacieli Pego Ramos Balonese (Crédito: Reprodução Facebook)

Um vídeo que circula pelas redes sociais denuncia que Jacieli Pego Ramos Balonese, de 31 anos, recebeu do hospital o feto em um recipiente de plástico. Da etnia Tupiniquim, a indígena reside na aldeia Caieiras Velhas, em Aracruz, região Norte do Espírito Santo.

Nas imagens, o marido de Jacieli, David, relata o sentimento de tristeza e de angústia pelo episódio, além de questionar o que eles devem fazer com o feto: “não sabemos se podemos enterrar”. O casal gravou o vídeo na casa em que moram com seus três filhos.

Ao G1, Jacieli revelou que o aborto aconteceu em casa, na última sexta-feira (3) e ela foi socorrida para o hospital em uma ambulância. Conforme versão da mulher, no tempo em que ela esperava para fazer o procedimento de curetagem, o qual se faz necessário após abortos espontâneos, o feto ficou com ela no quarto.

Ela relatou também que viu quando o feto foi colocado por uma técnica de enfermagem em uma garrafa de soro fisiológico, além de profissional de saúde ter adicionado formol e selado com fita adesiva.

Ao pegar o recipiente e levar para casa, Jacieli ficou com as mãos molhadas de formol. O material só foi recolhido pelo hospital no dia seguinte após David ter ligado para o hospital.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Em nota, o Hospital São Camilo, informou que “a orientação do município que a família ou o paciente entregue as peças para o histopatológico na Casa Rosa (que é o serviço municipal responsável pelo envio de materiais)”.

O hospital acrescentou que “não é responsável pelas análises de biópsias e histopatológicos, atendemos a solicitação do município”.

“Assim que tomamos ciência de vídeos e ligações de lideranças comunitárias, imediatamente enviamos uma equipe do hospital para recolher o feto para reduzir o constrangimento a familiares e ligamos para a secretaria de saúde para apoiar no caso.

Acerca da entrega do feto em um frasco improvisado, é importante ressaltar que foi um fato isolado e que não é uma prática comum dentro de nosso hospital. Abrimos uma sindicância interna para apurar os fatos, para tratarmos da melhor maneira possível”, diz parte da nota do hospital.

No último dia 25 de junho, Jacieli fez o teste detectar a presença do novo coronavírus. Quatro dias depois o exame deu positivo para Covid-19 e a mulher foi informada pelo telefone.

 

Veja também

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Jack Daniel’s com maçã começa a ser vendido no Brasil

+ No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?