Economia

Hopi Hari tem registro suspenso pela CVM

A Comissão de Valores Imobiliários (CVM)comunicou nesta quarta-feira, 24, a suspensão do registro de companhia aberta do parque de diversões Hopi Hari.

De acordo com o comunicado, a medida foi tomada porque a empresa ficou há mais de um ano sem prestar informações para o órgão responsável pela fiscalização e regulação do mercado de valores mobiliários no Brasil.

Como consequência da suspensão, o Hopi Hari fica, agora, proibido de negociar ações, títulos de dívidas (chamados de debêntures) e qualquer outro papel nos mercados regulamentados (balcão organizado, bolsa ou balcão não organizado).

Segundo a CVM, no entanto, a suspensão não exime a companhia ou seus controladores e administradores, de irregulares e infrações cometidas antes do cancelamento do registro.

Ainda de acordo com a CVM, o parque negociava ações da empresa na B3, nono nome da BM&FBovespa) até o dia 28 de abrir. A negociação, no entanto, foi suspensa pela CVM no dia 2 de maio.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar