Comportamento

EUA: Homem negro encontrado enforcado em árvore cometeu suicídio, diz polícia

EUA: Homem negro encontrado enforcado em árvore cometeu suicídio, diz polícia

Milhares se reúnem no fim de semana após a morte de Robert Fuller para pedir uma investigação meticulosa, enquanto sua família duvidava que ele tivesse tirado a própria vida - AFP/Arquivos

A morte de um homem negro encontrado enforcado em uma árvore em uma pequena cidade da Califórnia, que levantou suspeitas de possíveis linchamento em meio a protestos antirracismo no país, foi suicídio, de acordo com os resultados da autópsia divulgados nesta quinta-feira (9).

Robert Fuller, 24, foi encontrado morto pendurado pelo pescoço perto da prefeitura de Palmdale, após lutar contra doenças mentais e pensamentos suicidas desde 2017, disseram as autoridades.

“O legista divulgou seu relatório final de autópsia e o entregou ao departamento do xerife, e ele considerou esse caso um suicídio”, disse o detetive do condado de Los Angeles, Chris Marks, em entrevista coletiva.

O relatório forense, ao qual a AFP teve acesso, não encontrou evidências de trauma que sugerissem o envolvimento de outras pessoas.

“Isso, juntamente com a existência de evidências de ideação suicida anterior e uma história de problemas de saúde mental, apoia a conclusão de que é um suicídio”, declarou.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

A morte de Fuller em Palmdale, a uma hora de carro a nordeste de Los Angeles, foi inicialmente e rapidamente declarada suicídio, mas as autoridades recuaram e ordenaram uma investigação completa.

Milhares de pessoas se manifestaram exigindo uma investigação completa, e a família de Fuller questionou a possibilidade de ele tirar a própria vida.

A morte de Fuller ocorreu quando protestos contra a brutalidade policial e o racismo se espalharam pelas cidades americanas após a morte de George Floyd em 25 de maio, enquanto era detido em Minneapolis.

Em 31 de maio, outro homem negro foi encontrado pendurado em uma árvore em Victorville, a apenas 80 quilômetros a leste de Palmdale. Também foi determinado que se tratava de suicídio.

Ambos os eventos despertaram lembranças dolorosas de um passado nos Estados Unidos em que milhares de negros foram linchados.

No auge dessa época de violência racial, o grupo supremacista branco Ku Klux Klan enforcava suas vítimas em árvores.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel