Geral

Homem é preso por roubar vítimas atraídas por meio de app de relacionamento

Crédito: Pixabay

Imagem ilustrativa (Crédito: Pixabay)

No sábado (15), a Polícia Civil prendeu um homem, de 31 anos, que é investigado por fazer parte da quadrilha do Pix no Jabaquara, em São Paulo. De acordo com as investigações, os criminosos usavam um aplicativo de relacionamento para atrair as vítimas e depois as obrigam a fazer transferências bancárias. As informações são do R7.

A Polícia Civil informou que os integrantes da quadrilha usam perfis falsos, com fotos de outras pessoas e seduzem as vítimas. Na sequência, eles marcam a data e o local para um encontro.


Um homem, de 50 anos, que preferiu não se identificar, afirmou que teve um encontro marcado em uma comunidade na zona oeste de São Paulo. Quando chegou no local, ele foi abordado por alguns homens e levado para um cativeiro.

Segundo ele, os criminosos começaram a discutir sobre o valor que o homem deveria transferir via Pix. Foi nesse momento que ele conseguiu fugir do cativeiro.

De acordo com a polícia, a quadrilha é bem organizada e faz uma análise nas redes sociais da vítima antes de atacá-la, para assim ter certeza de quem ela tem poder aquisitivo.