Geral

Homem é preso depois de surto em voo de Portugal para o Rio; família alega esquizofrenia

Crédito: Reprodução/Diário de Notícias

Na segunda-feira (23), um homem com nacionalidade portuguesa e brasileira foi preso pela Polícia Federal (PF) ao desembarcar no Aeroporto do Galeão (RJ). Ele protagonizou uma confusão durante um voo que decolou na cidade do Porto, Portugal. Na delegacia, os familiares apresentaram um laudo médico de esquizofrenia. As informações são do O Globo.

Passageiros relataram que, depois de uma hora de voo, o homem teria começado a fumar no banheiro. Nesse momento, segundo a PF, ele “teria se alterado e xingado a tripulação, iniciando uma confusão mais intensa”. Por conta disso, ele foi contido e amarrado.


Quando a aeronave pousou no Rio de Janeiro, o homem foi encaminhado à Superintendência Regional da PF, localizada na Praça Mauá, onde foi registrado a prisão em flagrante.

Familiares do homem foram ao local e apresentaram um laudo médico de esquizofrenia e uma receita de medicamento controlado.

A assessoria da PF informou que ele passou por audiência de custódia na terça-feira (24), mas o resultado não foi divulgado. Ainda segundo o órgão, o homem deve responder em liberdade ou ser transferido para um hospital penitenciário, já que ficou comprovado os transtornos psiquiátricos e o uso de medicamento controlado.

Questionada pelo portal SIC, a empresa TAP, responsável pelo voo, informou que não iria comentar o caso. Apenas afirmou que as “tripulações são treinadas de forma a executar as ações necessárias e adequadas, sempre no cumprimento dos procedimentos, regulamentos e leis aplicáveis, para assegurar que todos os passageiros acatam as regras de conduta e de segurança a bordo”.