Na madrugada de sábado, 10, um homem de 49 anos foi preso em Belo Horizonte, Minas Gerais, suspeito de importunação sexual ao tentar beijar uma policial militar durante o bloco de Carnaval Fúnebre, na Praça da Bandeira, região centro-sul da capital mineira.

A autoridade, de 31 anos, estava atendendo uma reclamação de uma vendedora que acusava o suspeito de consumir uma garrafa d’água e não pagar pelo produto.

Segundo a ambulante, o homem também teria tentado beijá-la à força.

Ao ser abordado pela policial e um companheiro que fazia a patrulha, o suspeito projetou o corpo em direção à agente da PM, tentando beijá-la na boca. A soldado, então, se protegeu com uma cotovelada, impedindo a ação, segundo a PM. O suspeito tentou fugir, mas foi derrubado e algemado pelos policiais.

O homem foi levado à 3ª Delegacia de Polícia Civil Sul. Tanto a soldado quanto a ambulante não acompanharam o registro da ocorrência. De acordo com a Polícia Civil, “as diligências necessárias foram realizadas” e a corporação “instaurou inquérito para completa elucidação do caso”.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias