Geral

Homem é flagrado espancando cachorro no meio da rua em Belém

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Um morador de Belém (PA) foi flagrado espancando um cachorro de rua na última sexta-feira (26). O agressor, identificado como Alan Gonzaga, alega que seu filho de quatro anos quase foi mordido pelo animal e que, por isso, teve a reação. O caso foi registrado pela polícia como maus-tratos contra animais. As informações são do UOL.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Nas imagens, Alan aparece ao lado do filho. O garoto se afasta por alguns metros e, na sequência, as agressões começam. O refrigerista afirma que o animal vai na direção do filho com a intenção de atacar. Gonzaga, então, pede para o filho entrar em casa, pega um pedaço de madeira e golpeia o animal oito vezes.

O cachorro, segundo o UOL, está sob cuidados de uma clínica veterinária e corre o risco de perder um dos olhos, tem costelas e patas quebradas. O agressor, procurado pelo site, disse que “perdeu a cabeça”.

As imagens das agressões, flagradas por uma câmera de segurança, se espalharam nas redes sociais. Alan disse que se mudou de casa com medo de represálias e afirmou que estava sendo ameaçado.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea