Mundo

Americano é condenado a 10 anos de prisão após briga por uso de máscara

Crédito: Polk County District Court

Americano é condenado a 10 anos de prisão após briga por uso de máscara (Crédito: Polk County District Court)


O norte-americano Shane Michael, de 42 anos, foi condenado a 10 anos de prisão em Iowa, nos Estados Unidos, após agredir e cuspir em uma pessoa. As agressões teriam ocorrido depois de uma discussão pelo uso correto da máscara. As informações são do jornal local Iowa Capital Dispatch.

Presidente das Filipinas ordena prisão para quem usar máscara de forma errada

Catar impõe até 3 anos de prisão para quem estiver sem máscara na rua

Motorista Robson revela como foram primeiros dias em prisão na Rússia: Só bebia água, dormia e chorava

Conforme a acusação, o homem estava em uma loja de óculos quando o cliente Mark Dinning pediu para Shane ajustar sua máscara, que não estava cobrindo corretamente o nariz, em 11 de novembro do ano passado.

Mark e Shane tiveram uma breve discussão e os dois saíram da loja em direção ao estacionamento. Fora do estabelecimento, Shane teria seguido Mark e o atacou. O homem teria dado um soco no olho do cliente, que revidou a agressão mordendo o braço de Shane.

Durante a troca de agressões, o homem baixou a máscara, cuspiu nele, tossiu e gritou: “Se eu tiver, você tem!”, em uma aparente referência a Covid-19. Ao longo do processo, Shane negou que teria começado as agressões. No entanto, testemunhas confirmaram a versão de Mark.

Na última quarta-feira (9), Shane foi condenado a 10 anos de prisão por lesão corporal dolosa. A defesa do homem recorreu da sentença.

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago