Geral

Homem deixa carta de despedida antes de morrer de Covid-19: “Lutei até onde pude”

Crédito: Reprodução

Um homem de 31 anos deixou uma carta de despedida para sua família antes de morrer em decorrência de complicações da covid-19. Os parentes de Raphael Voltan tiveram uma surpresa ao ler o recado escrito por ele mesmo em seus últimos momentos de vida, no último domingo (22).

+ Após quase 2 meses internada com Covid, viúva de Chico Anysio recebe alta
+ Paulinho Serra lamenta a morte do sogro: ‘Sensação de incapacidade’
+ Após desaparecer por cerca de 10 dias, ator de ‘Chiquititas’ se pronuncia

De acordo com reportagem do UOL, ele tinha sido diagnosticado com um linfoma Não-Hodgkin no ano passado e pegou covid-19 em agosto deste ano. Porém, acabou não resistindo à doença. No texto, ele diz: “Amo vocês. Lutei até onde pude. Cuide do Rhavi. Eu amo muito ele. Todos vocês fiquem com Deus”.

A namorada dele, Estela Mastellari, 35, recebeu o documento ainda no hospital depois de receber a notícia da morte. Ela e Raphael são pais do pequeno Rhavi, de apenas um ano. “A gente ficou feliz de receber algo dele. Infelizmente, a covid tira a vida das pessoas”, disse.

O recado tinha sido deixado com uma enfermeira a pedido do paciente. Ele estava isolado e falava com a família apenas por chamada de vídeo. De acordo com a namorada dele, Raphael tinha sido internado no dia 29 de julho, recebeu alta no Dia dos Pais, mas foi diagnosticado com a covid-19 logo em seguida.