Mundo

Homem-bomba mata 63 em festa de casamento no Afeganistão

CABUL, 18 AGO (ANSA) – Um ataque suicida durante uma festa de casamento deixou neste sábado (17) 63 mortos e cerca de 180 feridos em Cabul, no Afeganistão. O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou o atentado.   

Segundo o porta-voz do Ministério do Interior do país, Nasrat Rahimi, entre as vítimas possui mulheres e crianças.   

Já de acordo com a emissora “CBS”, mais de mil pessoas foram convidadas para a festa e a explosão teria acontecido na área reservada aos homens.   

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, classificou o ataque como “bárbaro”e declarou que os talibãs “não podem se exonerar completamente porque servem de plataforma para os terroristas”.   

Em julho, outro casamento foi alvo de um ataque suicida. Na ocasião, o atentado, que aconteceu na província de Nangarhar, deixou pelo menos seis mortos.(ANSA)