Esportes

Holan vê melhores 45 minutos do Santos sob o seu comando

Técnico argentino elogiou bastante a atuação do Peixe no primeiro tempo contra o San Lorenzo, mas deixou claro que a classificação ainda não está garantida

Holan vê melhores 45 minutos do Santos sob o seu comando

O técnico Ariel Holan acredita que o primeiro tempo do Santos na vitória por 3 a 1 diante do San Lorenzo nesta terça-feira, na Argentina, pela terceira fase da Copa Libertadores, foram os melhores do Peixe sob seu comando. O treinador tem pouco mais de um mês de clube, com cinco jogos, três vitórias, um empate e uma derrota.

– Foram sim (os melhores 45 minutos), mas começamos agora. Acredito que pela dificuldade do San Lorenzo, foi um dos melhores momentos que jogamos durante meu comando – afirmou Ariel Holan, em entrevista coletiva.

Com a vitória, o Santos ficou muito perto de garantir a classificação para a fase de grupos da competição. A equipe pode até perder o jogo de volta, dia 13, em Brasília, por um gol de diferença. Mas o técnico adota o discurso de cautela, assim como o atacante Lucas Braga.

– Creio que a equipe jogou uma boa partida, mas o San Lorenzo é um grande time, tem jogadores excelentes, um time complicado como mandante. Valorizo muito essa vitória, mas ainda temos um jogo. Esperamos que a gente repita em Brasília o bom jogo que fizemos aqui – afirmou o técnico.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago