Esportes

Histórico! De virada, Do Bronx bate Chandler por nocaute técnico e fatura cinturão peso-leve no UFC 262

O paulista se junta a Deiveson Figueiredo (peso-mosca) e Amanda Nunes (peso-galo e pena) como brasileiros campeões do Ultimate; confira como foi o evento no Texas (EUA)

Histórico! De virada, Do Bronx bate Chandler por nocaute técnico e fatura cinturão peso-leve no UFC 262

Histórica! Na raça! Incrível! Os adjetivos são muitos para classificar a vitória – de virada – de Charles do Bronx sobre Michael Chandler na luta principal do UFC 262, que deu ao brasileiro o cinturão vago dos leves da organização. Foi com emoção, mas diante de um público de 16 mil fãs no Texas (EUA), a história do natural de Guarujá, em São Paulo, teve um final feliz. Depois de tomar um atraso de Chandler no primeiro round, Do Bronx conseguiu dar a volta por cima no segundo assalto e, com um cruzado certeiro no queixo do americano, abriu caminho para o triunfo por nocaute técnico. O paulista se junta a Deiveson Figueiredo (peso-mosca) e Amanda Nunes (peso-galo e pena) como brasileiros campeões do Ultimate.

Ainda pela edição, André Sergipano se tornou o primeiro atleta a finalizar Ronaldo Jacaré no MMA – em golpe que supostamente quebrou o braço do manauara -, Rogério Bontorin, Edson Barboza e Priscila Pedrita venceram seus compromissos, enquanto Viviane Araújo foi superada pela americana Katlyn Chookagian. No co-main event, Beneil Dariush não deu chances para Tony Ferguson, impôs seu jogo agarrado e ficou perto de finalizar o “El Cucuy”, mas acabou vencendo por decisão unânime (triplo 30×27). Foi a sétima vitória seguida do representante da Kings MMA, que deve ganhar posições importantes no ranking peso-leve.

Do Bronx conquista título dos leves

O Brasil tem mais um campeão no UFC. Foi com emoção, de virada, mas Charles do Bronx superou Michael Chandler por nocaute técnico no segundo round para se consagrar o novo campeão peso-leve da companhia – o posto estava vago desde a aposentadoria de Khabib Nurmagomedov, em outubro do ano passado. De quebra, o paulista chegou à sua nona vitória consecutiva e a 17ª pela via rápida no Ultimate.

O primeiro round foi de angústia para os fãs do faixa-preta de Jiu-Jitsu, que viram Do Bronx perder uma pegada nas costas e, por baixo, sofrer com o ground and pound de Chandler, que chegou perto de encerrar a disputa. Na raça, o brasileiro resistiu e, recuperado, voltou para o segundo assalto disposto a definir o confronto. Um cruzado certeiro, na ponta do queixo, abriu caminho para o triunfo, que ainda contou com mais uma série de golpes de Charles na curta distância até a interrupção do árbitro.

Bontorin domina duelo no peso-galo

Rogério Bontorin e Matt Schnell fizeram um primeiro assalto agitado, todo pautado na trocação e com bons momentos de ambos. No decorrer do confronto válido pela divisão dos galos, porém, o brasileiro foi crescendo de produção e, com boas combinações e golpes potentes, sacramentou o triunfo por decisão unânime após três assaltos. Com o resultado, ele reencontrou o caminho das vitórias depois de dois reveses.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Chookagian supera Vivi por decisão

Bastante pilhada, Viviane Araújo começou o importante embate contra Katlyn Chookagian – segunda colocada no ranking peso-mosca – ditando o ritmo. No segundo round, a brasileira por pouco não finalizou a americana com uma guilhotina – que pareceu bater em determinado momento. A tentativa, entretanto, custou caro para Vivi, que mais cansada, foi inferior depois.

No fim, depois de uma verdadeira guerra, os jurados decidiram pela vitória de Chookagian por decisão unânime, para a insatisfação da brasileira. Enquanto a americana anotou seu segundo triunfo consecutivo e segue no topo da categoria dos moscas, Viviane voltou a perder após dois resultados positivos.

Barboza anota nocaute sobre Burgos

Edson Barboza e Shane Burgos protagonizaram um grande primeiro round na abertura do card principal. Com movimentação constante, os dois lutadores foram para a trocação franca. O brasileiro apostava nos chutes – sua marca registrada -, e Burgos respondia ao encurtar a distância.

O segundo assalto continuou movimentado, mas com leve superioridade do americano, que aparentando estar mais inteiro fisicamente, conectou os melhores golpes na luta em pé. Na final da parcial, porém, Edson começou a crescer. Já no terceiro e decisivo round, uma combinação certeira de socos levou Burgos à lona e decretou o triunfo do brasileiro, o segundo seguido.

Sergipano finaliza Ronaldo Jacaré

No duelo de brasileiros entre André Sergipano e Ronaldo Jacaré, que fechou o card preliminar, melhor para o peso-médio da TFT. Aos 41 anos, Jacaré até iniciou bem a luta, conseguindo levar Sergipano para o chão. Porém, não demorou para o lutador de 31 anos se levantar e inverter as posições.

Nas costas de Jacaré, o mineiro – apesar do apelido de Sergipano – foi para o braço e, com um ataque certeiro, se tornou o primeiro atleta a finalizar o manauara no MMA. O golpe, aparentemente, quebrou o braço do experiente faixa-preta de Jiu-Jitsu, forçando a interrupção do árbitro após um estalo. Com o resultado, Sergipano chegou à terceira vitória em três lutas no UFC, enquanto Jacaré perdeu pela quarta vez seguida.

De virada, Pedrita vence mais uma

O começo da luta não foi bom para Priscila Pedrita, que viu Gina Mazany achar a distância e, com um jogo agarrado, dominar o primeiro round. No segundo assalto, parecia que o cenário iria se repetir, mas aí a trocação da brasileira entrou em cena para fazer a diferença.

Com bons golpes na curta distância, Pedrita foi castigando a americana, que sentiu, e nos últimos 20 segundos acelerou o ritmo até a interrupção do árbitro para decretar o nocaute técnico. Após um início irregular na organização, com três derrotas, a peso-mosca brasileira somou seu segundo triunfo consecutivo.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 262
Houston, Texas (EUA)
Sábado, 15 de maio de 2021

Card principal
Charles do Bronx derrotou Michael Chandler por nocaute técnico no 2R
Beneil Dariush derrotou Tony Ferguson por decisão unânime dos jurados
Rogério Bontorin derrotou Matt Schnell por decisão unânime dos jurados
Katlyn Chookagian derrotou Viviane Araújo por decisão unânime dos jurados
Edson Barboza derrotou Shane Burgos por nocaute técnico no 3R

Card preliminar
André Sergipano finalizou Ronaldo Jacaré com uma chave de braço no 1R
Lando Vannata derrotou Mike Grundy por decisão dividida dos jurados
Jordan Wright derrotou Jamie Pickett por nocaute técnico no 1R
Andrea Lee finalizou Antonina Shevchenko com uma chave de braço no 2R
Priscila Pedrita derrotou Gina Mazany por nocaute técnico no 2R
Tucker Lutz derrotou Kevin Aguilar por decisão unânime dos jurados
Christos Giagos finalizou Sean Soriano com um triângulo de mão no 2R

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Nua, Cleo Pires exibe tatuagens em novos cliques
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Ex-parceiro de Cristiano Araújo é encontrado morto
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Sérgio Mallandro diz que atrapalhou sexo de Xuxa com Ayrton Senna
+ Mano Brown se irrita com possível acerto do Santos com volante do Corinthians: ‘Tá tirando’
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago