Saúde

Heroína domina os mercados, apesar da queda da produção de ópio


O cultivo mundial de ópio caiu mais de um terço em 2015, mas a heroína continua inundando os mercados mundiais devido às reservas existentes, afirma o relatório do Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Delito (ONUDC).

O texto destaca que a queda pronunciada de 38% observada no ano passado levou a produção mundial a 4.770 toneladas frente às 7.730 de 2014, ano em que o cultivo mundial de ópio alcançou um de seus maiores níveis desde os anos 1930.

Esta diminuição, assim como o máximo do ano anterior, é atribuída principalmente ao Afeganistão, principal produtor mundial de ópio (85% do total) e onde os cultivos foram reduzidos devido à má colheita.

No entanto, é pouco provável que esta diminuição leve a uma importante escassez no mercado mundial em função do alto nível de produção dos anos anteriores e dos estoques ainda existentes, segundo ONU.

“Ainda há muita heroína no mercado”, constata Angela Me, uma das autoras do estudo.

nla/smk/ib/bc/ra/cn

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio