Esportes

Herdeiro da vaga de Prass, Vinícius Silvestre volta por sequência no Palmeiras

A saída do goleiro Fernando Prass do Palmeiras vai abrir vaga no elenco para um novo terceiro goleiro. Em 2020, quem vai ocupar o posto de opção a Weverton e Jailson será Vinícius Silvestre. Aos 25 anos, ele retorna ao clube e sonha em ter uma sequência de partidas após permanecer emprestado a outras equipes durante as duas últimas temporadas.

Formado nas categorias de base do clube, Vinícius só tem no currículo uma partida pelo clube alviverde. No Campeonato Brasileiro de 2016, com Fernando Prass machucado e Jailson suspenso, ele ganhou chance de atuar na derrota por 1 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro. Depois disso, o goleiro voltou a ficar como terceira na opção e não jogou mais.

Como não entrou em campo em 2017, a diretoria decidiu emprestá-lo ao fim da temporada para que pudesse ganhar experiência. Vinícius, então, acertou com a Ponte Preta, onde atuou somente uma vez. Foi na vitória por 2 a 0 sobre a Ferroviária, pelo Campeonato Paulista. O contrato de um ano terminou e novamente a decisão do Palmeiras foi repassar o jogador para outra equipe.

O destino do goleiro em 2009 foi o CRB. No time alagoano, Vinícius passou a maior parte do ano como terceira opção. Edson Mardden e Fernando Henrique foram os goleiros mais acionados. Porém, o palmeirense recebeu chance para atuar em 12 partidas no Campeonato Brasileiro da Série B. A sequência só terminou porque Vinícius fraturou um dos dedos da mão esquerda.

A diretoria do Palmeiras discute a reformulação do elenco para 2020 e tem como uma das certezas a promoção de jogadores revelados nas categorias de base. Assim como Vinícius Silvestre, outros atletas que estavam emprestados vão ganhar chances, como o zagueiro Pedrão e o atacante Arthur. Outros garotos serão promovidos: Gabriel Menino, Patrick de Paula e Esteves.