Cultura

Harvey Weinstein testa positivo para coronavírus em presídio

Harvey Weinstein testa positivo para coronavírus em presídio

Harvey Weinstein camina em direção ao tribunal de Manhattan - GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP

O ex-produtor de Hollywood Harvey Weinstein testou positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2) dentro do presídio em que cumpre pena no estado de Nova York, informa a mídia norte-americana. De acordo com os jornais, ele foi colocado em isolamento.

Condenado a 23 anos de prisão por estupro e assédio sexual, Weinstein foi recentemente transferido para a Walden Correctional Center de Alden, após pedido da defesa. Aos 68 anos, o ex-produtor sofre com problemas cardíacos e, segundo seus advogados, permanecer no presídio de Rikers Island, para onde foi enviado após a sentença, seria prejudicial à sua saúde.

De acordo com o ?Niagara Gazette?, que ouviu uma fonte de segurança pública do estado de Nova York, Weinstein já estava com o vírus quando foi para Rikers Island e é o segundo detento com a Covid-19 registrado no local. (ANSA)