A semana

Harvey Weinstein começa a ser julgado nos EUA

Crédito: BRYAN R. SMITH

ENCENANDO? Harvey Weinstein se apresenta para julgamento em Nova York. Alguns duvidam da necessidade do andador (Crédito: BRYAN R. SMITH)

Harvey Weinstein, o influente produtor cinematográfico acusado por diversas atrizes de assédio e comportamento sexualmente abusivo, está sendo julgado desde segunda-feira 6. Ele é acusado de assediar mais de noventa mulheres. Como as acusações são de eventos que já teriam prescrito, de acordo com a Justiça dos EUA, o juri se pronunciará apenas sobre dois supostos casos de estupro — um deles teria ocorrido em 2006 e o outro em 2013. Se Harvey Weinstein for condenado, a sua pena poderá chegar até 28 anos de reclusão ou, mesmo, à prisão perpétua. Para comparecer ao tribunal, na abertura do juri, Weinstein precisou do auxílio de um andador para se locomover. O uso do aparelho tem gerado certo estranhamento: há quem veja nisso uma forma de comover juizes e jurados e obter uma absolvição. Weinstein alega precisar do andador devido a um acidente que sofreu em agosto do ano passado. Mas há um fato curioso: após passar por cirurgia, foi visto andando normalmente, sem o suporte, em uma loja de departamento em dezembro. Esse primeiro julgamento está sendo realizado em Nova York e poderá durar até seis meses. Independentemente do resultado, Weinstein se verá outra vez frente a frente com um juiz em Los Angeles. O resultado do primeiro julgamento não deverá influenciar o outro.

COMÉRCIO
Discórdia natalina

Um novo estudo sobre as vendas em shopping durante o Natal foi divulgado. De acordo com a FX Retail Analytics, o fluxo de visitas em shoppings em dezembro de 2019 caiu 1,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. A pesquisa vem após a Associação Brasileira dos Lojistas Satélites contestar o crescimento de 9,5% no varejo de um ano para o outro, divulgado pela Associação Brasileira dos Lojistas de Shopping. No novo levantamento, o fluxo no segmento de eletrônicos caiu 9,1% e no segmento de chocolates cresceu 2,3%.

PERSONAGEM
Carlos Ghosn critica o governo brasileiro que não o ajudou. Sobre a espetacular fuga, silêncio total

JOSEPH EID / AFP

Em entrevista dada em Beirute na semana passada, o executivo brasileiro Carlos Ghosn pouco acrescentou em relação aos fatos que o levaram à prisão no Japão em 2018 – primeiro em uma penitenciária e, depois, em regime domiciliar. Ele perdeu o comando do conglomerado Renault-Nissan-Mitsubishi ao ser acusado de fraude fiscal e desvio de dinheiro para fins pessoais (cerca de US$ 36 milhões). Ghosn acusou a Justiça japonesa de ser parcial e queixou-se do governo brasileiro que não o auxiliou. O que todo mundo tanto queria saber, no entanto, ficou sem resposta: como se deu a sua cinematográfica fuga para o Líbano? Tudo indica que ele fugiu num voo (cujo primeiro destino foi a Turquia) escondido em uma caixa de som (foto). Mas Ghosn nada falou. E por que o Líbano? Ele afirmou que “por razões de logística” – o que se sabe é que o país, do qual está proibido de sair, não tem tratado de extradição com o Japão.

JUROS
De 300% a 150%

Desde a segunda-feira 6, estã valendo o limite de juros a 8% ao mês no cheque especial. Isso foi decidido pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no ano passado, quando a taxa era de 12,4%. Assim, a redução anual foi de 306,6% para 151,8%. Por outro lado, os bancos poderão cobrar taxas para os contratos com oferta de cheque especial firmados a partir de junho – mesmo se o limite não for usado. O valor emprestado pelos bancos no cheque especial foi de R$ 30,87 bilhões em novembro de 2019.

STREAMMING
Especial de Natal do Porta dos Fundos não pode ser exibido

Divulgação

O desembargador Benedicto Abicair, a pedido de uma instituição católica, vetou o especial de Natal feito pela produtora Porta dos Fundos, disponibilizado na Netflix. Agora, o programa não pode ser exibido, muito menos trailers ou materiais publicitários, sob pena de R$ 150 mil reais por dia em que qualquer conteúdo for veiculado. Ele explicou que a decisão é benéfica para “a sociedade brasileira majoritariamente cristã”, dizendo ser uma alternativa para “acalmar os ânimos”. Recentemente, a sede da produtora foi atacada com bombas caseiras e um dos responsáveis está foragido na Rússia.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel