Comportamento

Harry e Meghan negam participação em livro sobre sua saída da monarquia

Harry e Meghan negam participação em livro sobre sua saída da monarquia

Príncipe Harry e Meghan Markle negam participação em livro sobre sua saída da monarquia britânica - AFP/Arquivos

Os advogados de Meghan Markle, a esposa do príncipe Harry, negaram nesta segunda-feira (21) que o casal tenha contribuído para o livro “Finding Freedom” (Encontrando a liberdade), que recentemente relatou como se distanciaram da monarquia britânica.

A ex-atriz americana, de 39 anos, processou em Londres a Associated Newspapers, empresa editora dos jornais Mail Online, Daily Mail e Mail on Sunday, acusando-a de invadir sua privacidade ao publicar em agosto de 2018 trechos de uma carta a seu pai Thomas Markle, com quem mantém relações tensas.

Os advogados da Associated Newspapers afirmaram, nesta segunda-feira, que queriam mudar sua defesa, dizendo que a duquesa de Sussex havia “cooperado com os autores” de “Finding Freedom”, um livro publicado em 11 de agosto pelos jornalistas Omid Scobie e Carolyn Durand, “principalmente dando ou permitindo que recebessem informações sobre a carta”.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

“A acusante e seu marido não colaboraram com os autores do livro, não foram entrevistados para ele nem forneceram fotos”, garantiu Justin Rushbrooke, advogado da ex-atriz.

Além disso, destacou que nem Meghan nem Harry – neto da rainha Elizabeth II e sexto na linha de sucessão ao trono britânico – haviam falado com os dois jornalistas, aos quais sua cliente nunca “deu a impressão (de que ela) queria que o conteúdo da carta fosse reproduzido no livro”.

Quando foram publicados trechos de “Finding Freedom” no jornal The Times em julho, um porta-voz dos duques de Sussex declarou que eles não haviam contribuído para o livro.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

No entanto, alguns amigos de Harry e Meghan falaram com os autores, que escreveram um livro bastante favorável ao casal, afirmando em particular que o príncipe, de 36 anos, foi o autor da decisão de retirar-se da família real, quando muitos tablóides incriminaram a atriz americana.

Após sua saída da família real, anunciada em janeiro e efetiva desde o início de abril, Meghan e Harry se mudaram primeiro para o Canadá e rapidamente depois para a Califórnia, onde agora vivem com seu filho Archie.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Novo Código de Trânsito é aprovado; veja o que mudou
+Jovem é atropelado 2 vezes ao tentar separar briga de casal em Londrina; veja o vídeo
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea