Esportes

Hamilton e Mercedes brilham nos treinos livres na Áustria

O britânico Lewis Hamilton e sua equipe Mercedes mostraram suas grandes ambições já desde o primeiro minuto da temporada, dominando com autoridade o dia de treinos livres do Grande Prêmio da Áustria, que abre o Mundial de Fórmula 1 em 2020 neste fim de semana.

Hamilton, que foi o mais rápido na primeira e na segunda sessão, começa com uma boa impressão em um campeonato no qual ele deseja igualar os sete títulos mundiais conquistados pelo lendário Michael Schumacher.

O astro inglês fez um tempo melhor nesta sexta-feira na segunda sessão, com um minuto, quatro segundos e 304 milésimos.

No cronograma da sessão, ele superou seu companheiro de equipe finlandês Valtteri Bottas (por 197 milésimos) e o mexicano Sergio Pérez (Racing Point) por 641 milésimos. “A sensação é de que está melhor do que no ano passado. Melhoramos ainda mais o carro. Parece que tudo vai dar certo, mas você nunca sabe o que os outros estão fazendo”, disse o atual campeão.

As Mercedes, que dominaram a última temporada, já haviam mostrado seu grande potencial também para este ano nos testes de pré-temporada que ocorreram em Montmeló (Barcelona) no final de fevereiro, pouco antes da pandemia do novo coronavírus forçar a suspensão do início da temporada, que estava marcado para março na Austrália.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Nos testes gratuitos desta sexta-feira, houve várias largadas, embora sem consequências, para os Red Bulls do holandês Max Verstappen e o tailandês Alex Albon, para a Alfa Romeo do finlandês Kimi Raikkonen, para o AlphaTauri do russo Daniil Kvyat e para a Williams do canadense Nicholas Latifi, que estreou como titular na Fórmula 1.

Verstappen venceu as duas edições anteriores do Grande Prêmio da Áustria e espera poder emendar uma terceira vitória consecutiva, apesar de não ter apresentado o rendimento que esperava nesta sexta-feira.

Os terceiros treinos livres estão agendados para sábado, antes da sessão de classificação, que determinará o grid de largada para o primeiro Grand Prêmio de 2020, cuja corrida será realizada no domingo.

A Mercedes vai tentar melhorar seus resultados em relação aos dois anos anteriores na Áustria, onde sofre com um duplo abandono em 2018 e em 2019 teve que se contentar com o terceiro e o quinto lugar. Já entre 2014 e 2017 uma Mercedes acabou vencendo a corrida austríaca (Nico Rosberg em 2014 e 2015, Hamilton em 2016 e Bottas em 2017).

Para iniciar o Mundial, a Fórmula 1 estabeleceu um protocolo sanitário rigoroso. Entre as medidas que foram tomadas, está a ausência de público, o que torna estranho o ambiente em torno deste reinício da competição.

O diretor da prova, Michael Masi, explicou nesta sexta em uma coletiva de imprensa virtual que não acredita que um caso positivo de coronavírus conhecido atualmente levaria ao cancelamento direto do Grande Prêmio, embora ele tenha explicado que a decisão caberá “às autoridades locais de saúde”.

Ele acredita que o ‘paddock’ está melhor preparado agora do que em março na Austrália, quando a pandemia era menos conhecida e não havia as precauções atuais.

— Melhores tempos da segunda sessão de treinos livres do GP da Áustria:

Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 1:04.304 (42 vueltas)

Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) 1:04.501 (37)

Sergio Pérez (MEX/Racing Point-Mercedes) 1:04.945 (48)

Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1:04.961 (48)

Daniel Ricciardo (AUS/Renault) 1:04.972 (36)

Lando Norris (GBR/McLaren-Renault) 1:05.087 (38)

Lance Stroll (CAN/Racing Point-Mercedes) 1:05.135 (49)

Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda) 1:05.215 (41)

Charles Leclerc (MON/Ferrari) 1:05.298 (46)

Carlos Sainz Jr (ESP/McLaren-Renault) 1:05.352 (37)

Esteban Ocon (FRA/Renault) 1:05.415 (42)

Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Honda) 1:05.443 (34)

Alexander Albon (TAI/Red Bull-Honda) 1:05.453 (47)

Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo Racing-Ferrari) 1:05.608 (49)

Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) 1:05.678 (44)

Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 1:05.908 (50)

Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda) 1:06.016 (51)

George Russell (GBR/Williams-Mercedes) 1:06.125 (40)

Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo Racing-Ferrari) 1:06.278 (44)

Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes) 1:07.124 (45)

pel/smr/dr/pm/aam

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?