Brasil

Haddad reforça em convenção polarização com PSDB

Coordenador do programa de governo do PT e apontado como um “plano B” do partido para a campanha presidencial, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad disse, durante convenção nacional do PT, neste sábdo, 4, que a eleição ficará polarizada entre PT e PSDB.

Em seu discurso, ele enfatizou que de um lado está o PSDB, que lançou o ex-governador Geraldo Alckmin na disputa, e de outro está no PT, que tem Lula na lideranças das pesquisas, apesar de estar preso e condenado em segunda instância. “Eu não tenho dúvida que o cenário está configurado”, disse Haddad, ao falar dos dois partidos.

Haddad atacou Alckmin afirmando que o PSDB “deu a coluna vertebral e organizou o governo Temer” porque o MDB não teria um projeto para o País. “Se eles querem acabar com o PT, só tem um jeito: se aliar ao nosso projeto de País e acabar com a extrema desigualdade que o nosso povo vive no dia a dia”, disse Haddad. O ex-prefeito ressaltou que, enquanto houver desigualdade no País, “vai existir o PT”.

Haddad encerrou sua fala dizendo “Lula derrotou todos os golpistas e o PT vai ganhar essas eleições de outubro de 2018.”

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel