Economia

Há tendência de aprovar MP e manter Auxílio Brasil em R$ 400, diz Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou que o Congresso deve aprovar a medida provisória do Auxílio Brasil e manter o benefício com um valor mínimo de R$ 400 mensais.

A MP está em votação na Câmara. O governo age para impedir uma ação da oposição que tenta aumentar o benefício para R$ 600 e colocar em risco a vigência da medida provisória, assinada no ano passado, para aumentar o valor do pagamento.


Depois da Câmara, o texto precisa passar pelo Senado.

“Esse auxílio é fundamental e importante, naturalmente será aprovado”, disse Pacheco em entrevista a jornalistas. “Em relação ao valor, eu imagino que haja uma tendência de se manter o que foi pactuado até porque de nossa parte do Senado temos uma grande responsabilidade fiscal também.”