Há quatro anos, o Brasil se livrava de Dilma Rousseff

Crédito: AFP

(Crédito: AFP)

Há mais de 500 anos somos uma sucessão de erros. Sim, o Brasil até nasceu para dar certo, mas, coitado, pegou uma estrada errada e dela jamais saiu. Ao contrário. Insiste repetidamente em manter-se firme no caminho do atraso e do subdesenvolvimento.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Um dos nossos maiores e mais grotescos erros, sem dúvida alguma, chama-se Dilma Vana Rousseff. Eleita e reeleita presidente da República, impichada durante o segundo mandato, afundou o País na sua maior recessão econômica e atirou quase 15 milhões de brasileiros no desemprego.

De estocar vento a saudar mandioca, passando por mulher sapiens e caçadora de mosquita, não há termo ou frase amalucada, sem sentido, que não tenha saído, truncada e inacabada, daquela cabecinha “brilhante”. O pior é que seu governo não era nem um pouco diferente.

Comemoramos a data do nosso nascimento e outras datas históricas. Lamentamos as datas tristes e homenageamos os mortos. Seria o impeachment do poste lulista uma data a se comemorar? Sem dúvida. Nesta mesma semana, quatro anos atrás, o Brasil expurgou da Presidência a figura mais, digamos, exótica, e inapropriada que já se aboletou no Planalto.

Mas a comemoração não deve ser efusiva. A despeito do que nos livramos, se olharmos para Brasília veremos que não mudamos tanto assim. Bolsonaro não nos traz melhores dias em termos de comunicação e, por que não?, cognição. E mais: seu caminho lembra muito o traçado pela petista.

O mito prometeu combater a corrupção. Mentiu. Prometeu enxugar e modernizar o Estado. Mentiu. Prometeu não lotear cargos e salários. Mentiu. Prometeu não se aliar a partidos e parlamentares corruptos. Mentiu. Prometeu austeridade fiscal… Mentiu! Tal qual Rousseff, Bolsonaro é um estelionatário eleitoral. Resta saber se, uma vez reeleito, colherá o mesmo destino.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.