Cultura

Gusttavo Lima relembra casa de pau a pique e incêndio na infância

Sucesso nas paradas do sertanejo universitário, Gusttavo Lima se abriu para os fãs durante participação no programa Conversa com Bial, da Globo. Ele também cantou Apelido Carinhoso, um de seus hits mais recentes.

O cantor relembrou um momento dramático de sua infância: um incêndio na casa de pau a pique em que morava aos três anos, no qual quase morreu. “Meu irmão mais velho estava brincando de botar fogo na palha, tentou apagar e não conseguiu. Quem me salvou foi minha tia”, revelou.

Ele ainda contou que a família passou por necessidades e dependeu da solidariedade dos amigos. “A gente morou embaixo de um pé de manga por três meses. Foi um momento difícil”.

Em 2012, uma irmã de Gusttavo, que tinha problemas cardíacos, acabou falecendo. Ele disse que o episódio o fez repensar sua vida e seu relacionamento com a família. “Cheguei até a dizer que ia parar de cantar porque estava trabalhando muito. [Hoje] Mesmo em semana bem corrida de show, sempre volto para dormir em casa”, afirmou.

O cantor será, pela segunda vez seguida, o embaixador da Festa do Peão de Barretos, em São Paulo, a maior do gênero no País – o que representa uma homenagem inédita. Lá, ele vai gravar seu novo álbum, que promete ser um “grande trabalho”, com “músicas para chorar e destruir o coração”.

Gusttavo também contou sua aventura num empreendimento chamado “Balada Eventos”, espécie de complexo artístico que reunirá escritórios, estúdios e até dormitórios. “Se acontecer de brigar com a mulher, a gente dorme lá”, brincou.