Economia

Gustavo Franco: Solução heterodoxa para crise fiscal é fraude

O ex-presidente do Banco Central (BC) Gustavo Franco disse nesta terça-feira, 7, que espera que o Brasil, no “limiar do descontrole fiscal”, não caia na tentação de recorrer a soluções heterodoxas na tentativa de resolver a crise das finanças públicas.

Em live transmitida pela gestora Rio Bravo, da qual é sócio e estrategista-chefe, Franco comentou que o País já teve a sua cota de heterodoxias no passado marcado pela inflação e disse esperar que não sejam repetidas as “receitas malucas” que foram testadas sem sucesso.

De acordo com Franco, um dos formuladores do Plano Real, o pagamento da fatura entregue pelo coronavírus – um déficit primário que ele estima alcançar R$ 1 trilhão – será um capítulo “dolorido” da economia brasileira, mas que precisará ser enfrentado.

“Existe uma dúvida básica sobre, por exemplo, se precisa mesmo pagar as contas. A gente acha que é obvio, mas Brasília não pensa que é obvio. E tem economistas, coleguinhas nossos, falando em imprimir dinheiro, e conversinhas de que não precisa se preocupar com essas coisas (rombo fiscal). Isso é uma fraude”, disse Franco.

A grande discussão, na opinião dele, é sobre por quanto tempo o País poderá manter os auxílios emergenciais de combate aos impactos da covid-19. “A gente não quer que o Brasil vire em 2021 um grande Rio de Janeiro, com atrasos de tudo que é pagamento do setor público, vivendo com uma crônica incapacidade de cumprir compromissos. Não se espera que o governo federal chegue a esse nível”, comentou Franco.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?