Esportes

Guilherme Arana não ‘condena’ colegas por festa, mas diz que eles sabem de sua responsabiliade

O lateral do Galo evitou críticas diretas a Dylan Borrero e Marrony sobre flagra em festa, mas falou nos cuidados que o elenco precisa ter com a Covid-19

Guilherme Arana não ‘condena’ colegas por festa, mas diz que eles sabem de sua responsabiliade

O flagra de Marrony e Dylan Borrero em uma festa na madrugada de domingo para segunda-feira está sendo o principal assunto do dia no Atlético-MG. O clube diz que está tratando o assunto internamente e não se posicionou ainda.

O fato até mudou o tema da coletiva dada pelo lateral Guilherme Arana, na manhã desta segunda-feira, 30 de novembro, na Cidade o Galo. .
Arana foi político e não teceu críticas diretas aos dois colegas de time, porém, disse que ambos sabem de suas responsabilidades por serem maiores de idade.

-Esse assunto será resolvido internamente. Não cabe a mim julgar eles. Claro que estamos passando por um momento difícil, mas eles são maiores de idade e sabem das responsabilidades. Então, não cabe a mim tomar nenhuma decisão. Independentemente do que aconteceu a gente é uma família. Espero que eles aprendam, e o assunto vai ser resolvido internamente-disse o jogador do Galo.

O Atlético-MG passou por um surto do novo coronavírus recentemente, atingindo quase 30 pessoas no clube, incluindo 11 jogadores do elenco, gerando desfalques e instabilidade dentro e fora de campo.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Até a comissão técnica foi infectada, incluindo Sampaoli, que não pode trabalhar com o grupo. E, Arana falou do período sem a presença do treinador atleticano.

– É diferente, porque a gente está acostumado com uma certa cobrança, mas o Leandro Zago conversou bastante, passou total confiança para ele, para se sentir à vontade, não só a ele, mas também aos jogadores que subiram da base. Então, o trabalho continuou. Claro que tem diferença. Estávamos entrosados, em uma sequência boa, mas aconteceu tudo isso. Graças a Deus, o pessoal está recuperado e temos uma semana cheia para voltar o entrosamento e manter a sequência boa-comentou o lateral que reforçou a necessidade de manter os cuidados com os protocolos sanitários na volta de quem estava doente.

– A gente está mantendo o protocolo. Infelizmente, aconteceu o que aconteceu na semana passada, mas o pessoal já está recuperado. Aconteceu com todos os clubes, infelizmente acontece com milhões de pessoas. Estamos vivendo isso. A melhor forma de passar por isso é nos prevenir, tomar os devidos cuidados passados pelos médicos do clube. Se Deus quiser, isso vai passar logo e as coisas vão voltar ao normal-concluiu.

O Galo volta a campo no domingo, 6 de dezembro, contra o Internacional, no Mineirão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel