Geral

Guedes: Pfizer aumentará entrega de lote de vacinas, com 14 mi de doses até junho


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 8, que a Pfizer vai antecipar o cronograma e entregar 14 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 até junho. Segundo o ministro, isso representa um aumento no lote de curto prazo em 50%. “A solução para o Brasil é vacinar para manter imunidade da população e preservar sinais vitais da economia”, afirmou Guedes.

Segundo o ministro, a Pfizer informou ao governo brasileiro que vai aumentar a produção diária de 1,5 milhão para 5 milhões de doses. “O presidente da Pfizer disse que o Brasil é muito importante, são 200 milhões de brasileiros. Ele se comprometeu a olhar para essa expansão potencial e vai olhar com carinho futuros aumentos na produção do Brasil”, completou.

Segundo Guedes, houve “problemas de escala” na negociação com a Pfizer. “Os dois lados demoraram um pouco com as negociações, mas temos que olhar pra frente”, completou. A decisão do governo brasileiro pela compra da vacina da Pfizer só veio semana passada, depois de meses rejeitando propostas feitas pela empresa.

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS