Esportes

Guardiola beija medalha e valoriza primeira final do City na Liga dos Campeões


Pep Guardiola perdeu a chance de entrar para a história neste sábado, quando poderia ter levado o Manchester City ao título inédito da Liga dos Campeões da Europa, mas viu o time ser derrotado por 1 a 0 pelo Chelsea na Cidade do Porto, em Portugal. Apesar da frustração, o treinador espanhol chamou atenção ao beijar a medalha de prata, tradicionalmente entregue aos vice-campeões, e preferiu valorizar o segundo lugar na hora de comentar sobre a partida.

Em entrevista coletiva após a derrota, Guardiola se disse satisfeito com o desempenho do time na temporada. Ele também fez questão de destacar que foi a primeira vez que o Manchester City chegou a uma final de Liga dos Campeões. O próprio treinador, aliás, já não estava mais tão acostumado com o cenário, já que a última final da qual participou foi na temporada 2010-2011, quando foi bicampeão com o Barcelona.

“Eu gostaria de dizer que foi uma temporada excepcional para a gente. É um sonho estar aqui, mas infelizmente não vencemos. Foi a primeira vez (em uma final de Liga dos Campeões) para a maioria das pessoas deste clube. Tentamos, não conseguimos, mas vamos tentar de novo no ano que vem”, comentou o técnico.

Ao avaliar os aspectos táticos da partida, Guardiola destacou o bom desempenho defensivo do Chelsea, que dificultou muito a criação de jogadas do Manchester City durante toda a disputa. Para ele, esse foi um dos principais méritos da equipe adversária.

“Eles foram excepcionais, a gente pecou um pouquinho. Foi um jogo apertado, vencer a defesa do Chelsea não é tão fácil, mas eles não tiveram tantas chances. Tivemos dificuldades na bola longa ou na segunda bola, depois da corrida. Nesses momentos é preciso inspiração e qualidade”, avaliou.

A temporada, no entanto, não termina sem conquistas. O Manchester City foi campeão do Campeonato Inglês e da Copa da Liga Inglesa. Não totalmente satisfeito, mas certo de que fez um bom trabalho, Guardiola está ansioso para, enfim, poder descansar. “Quero voltar para casa e ver a minha família. Há muito tempo que não os vejo. Depois voltarei para o meu clube, que vai continuar a ser um dos melhores do mundo nos próximos anos”, comentou.

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago