Mundo

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque com 89 mortos em Níger

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque com 89 mortos em Níger

Soldado em Niamey em 22 de dezembro de 2019 - POOL/AFP/Arquivos

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta terça-feira o ataque na cidade fronteiriça de Chinegodar, no oeste do Níger (fronteira com o Mali) que deixou 89 mortes na última quinta-feira, informou o órgão de vigilância dos movimentos extremistas dos EUA, citando ao grupo ISWAP (Estado Islâmico na África Ocidental).

“Os soldados do califado atacaram uma base militar do Níger na vila de Chinegodar na quinta-feira (9 de janeiro). Os combates duraram várias horas”, disse o comunicado da organização, segundo a qual “100 elementos” do exército morreram.

O ataque foi o mais violento desde 2015, quando os ataques naquela área de fronteira entre Níger e Mali se intensificaram.

O grupo afirma que em seu ataque “destruiu numerosos veículos”, “queimou quartéis” e tomou “veículos, armas e munições” como pilhagem.

 

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Larissa Manoela de biquíni na praia faz sucesso no Instagram

+ Luana Piovani posta clique de topless durante férias na Espanha

+ ORKUT VOLTOU? Saiba sobre o novo site é um clone da rede social

+Peça de carne crua ‘viva’ faz sucesso na web

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?