Geral

Grupo calcula 90 mil mortes até o fim do mês

Até o fim de julho o Brasil deve registrar 2,5 milhões de casos de covid-19 e até 90 mil mortes provocadas pela doença. A previsão é do grupo Covid19Analytics, composto de economistas da PUC-RJ e da FGV, que vem tendo um dos melhores índices de acerto nas previsões de curto prazo sobre a epidemia, com margem de erro de apenas 2%.

De acordo com os especialistas, houve uma estabilização no número de mortes, mas em patamar ainda muito elevado, entre 900 e 1,1 mil registros por dia. E não há ainda sinais de queda: até o fim do mês a previsão é de que o gráfico seguirá estável.

“Não parou de morrer gente e isso vai continuar”, diz o economista Marcelo Medeiros, um dos coordenadores do grupo. “Mas o fato é que vinha numa aceleração rápida, exponencial, e deu uma desacelerada.”

Pelo último relatório do grupo, divulgado do dia 10, a epidemia está em franca interiorização e é extremamente heterogênea no País – mas quando são comparadas as situações de diferentes Estados, municípios e regiões de uma cidade, as realidades são diferentes.

“São várias ondas diferentes e misturadas”, disse o economista. Ele adverte que os números não refletem ainda a recente flexibilização das medidas de isolamento social em vários Estados. Essa nova realidade só começa a aparecer dentro de pelo menos mais duas semanas.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?