Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Uma greve provocará o cancelamento de cerca de 10% dos voos de quinta-feira com destino a ou procedentes do aeroporto de Paris-Charles de Gaulle, informaram nesta quarta (29) as autoridades aeroportuárias.

A Direção Geral de Aviação Civil (DGAC), “pediu às companhias aéreas que cancelem parte de seus voos de forma preventiva. Assim, poderemos garantir mais de 90% dos voos durante o dia”, indicou à AFP o grupo Aeroportos de Paris, a autoridade que explora as plataformas aeroportuárias da capital e região.

A greve foi convocada pelos bombeiros do principal aeroporto francês e pode ser ampliada para outros setores. De sexta a domingo, haverá outra paralisação multissetorial para pedir o aumento dos salários.

Especificamente, a DGAC pediu às companhias que cancelassem 17% de seus voos entre 07h00 e 14h00 de quinta-feira, no horário local, por causa da operacionalidade do aeroporto.

“Solicitamos aos passageiros que consultem sua companhia aérea sobre seu voo e para que cheguem ao aeroporto com mais antecedência: três horas para um voo internacional, duas horas para um voo nacional ou europeu”, disse o grupo Aeroportos de Paris.

Às vésperas da temporada de verão na Europa, os funcionários de muitas companhias aéreas têm multiplicado as convocações de greve para reivindicar melhores condições de trabalho diante da retomada acelerada do tráfego aéreo pós-pandemia.