ISTOÉ Gente

Grazi Massafera diz ter tido crise de choro após gravar cena de ‘Verdades Secretas’

Crédito: Reprodução/Instagram

Grazi Massafera (Crédito: Reprodução/Instagram)


Grazi Massafera, de 39 anos, que se destacou profissionalmente ao interpretar a modelo Larissa em “Verdades Secretas”, da Globo, revelou em entrevista a Patrícia Kogut, do jornal O Globo, que teve uma crise de choro depois de gravar uma das cenas em que sua personagem era estuprada.

“A cena foi forte, ao mesmo tempo muito acolhedora pela equipe, direção e atores. No fim, tive uma crise de choro. Não pela cena em si, mas por sentir até que ponto nós mulheres somos vulneráveis a essa violência”, contou a atriz.

Veja também:
Apresentador de rádio morre vítima do novo coronavírus aos 42 anos
‘Uma angústia cívica profunda’, diz Marieta Severo sobre o atual governo

Massafera ainda citou o momento em que Larissa cospe na cara de Fanny, personagem de Marieta Severo: “Me preparei para as cenas de sexo. Psicologicamente mesmo. A própria personagem fez com que isso fosse algo sem tabu. O sexo para ela nunca teve um erotismo, era algo ligado à condição de dependência química. Mas, ter que cuspir no rosto da Marieta Severo me pegou de surpresa. Fiquei até sem dormir”, completou a artista.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio