ISTOÉ Gente

Grazi e Caio Castro postam fotos românticas parecidas e deixam fãs empolgados

Crédito: Reprodução/Instagram

Grazi Massafera e Caio Castro já foram vistos juntos em clima de romance várias vezes. Apesar disso, eles não confirmam oficialmente o namoro. Na noite dessa quinta-feira (7), no entanto, eles voltaram a chamar atenção nas redes sociais.

Primeiro, Grazi compartilhou uma foto na qual uma mulher aparece abraçadinha dançando com um homem, em preto e branco. Na legenda, ela escreveu: “Dance”. Caio chegou a comentar no post com emojis.

Horas depois, foi a vez de Caio, por meio do Stories, postar uma foto similar, também em preto e branco, de um casal. Nessa imagem, uma mulher não aparece dançando com o homem mas, sim, recebendo um apertão no bumbum. “Aperte o bumbum dela na frente dos homens que a desejam e aperte o bumbum dela na frente de mulheres que desejam você”, dizia o texto na foto.

Os fãs foram rápidos ao conectar uma possível ligação entre o ator e a atriz, sugerindo uma indireta de cada lado. A imagem de Grazi recebeu uma série de comentários, como “Diz que é o Caio e você nessa foto, por favorzinho”, “É o Caio com você, certeza!”, “Será que é o Caio???”, entre outros.

Confira a foto postada por Grazi abaixo:

Reprodução/Instagram

 

Confira a foto postada por Caio Castro abaixo:

Reprodução/Instagram

Veja também

+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior