ISTOÉ Gente

Gravadora diz que hit de Naiara Azevedo com Marília Mendonça ainda não foi autorizado

Crédito: Reprodução/Instagram

Marília Mendonça e Naiara Azevedo (Crédito: Reprodução/Instagram)

Nesta terça-feira (18), em nota, a Som Livre se pronunciou sobre a polêmica relacionada a Naiara Azevedo lançar no “BBB22“, reality show do qual está confinada – um dueto com Marília Mendonça, que faleceu no final do ano passado, sem a autorização da família da eterna rainha da sofrência.

No comunicado, a gravadora diz que o hit ainda não foi autorizado. Leia  na íntegra:


“A Som Livre esclarece que pedidos de autorizações para lançamentos de parcerias envolvendo seu cast são avaliados e autorizados em comum acordo com o escritório de cada artista. As circunstâncias trágicas da morte da Marília Mendonça naturalmente fazem deste um caso atípico. O pedido de autorização da faixa 50 por Cento foi recebido pela Som Livre e segue em avaliação junto ao escritório e, desde ontem, também com a família da Marília”.

Entenda a polêmica

Após a confirmação da sertaneja Naiara Azevedo no elenco do “BBB22”, o irmão de Marília Mendonça, João Gustavo, disparou em seu perfil no Twitter contra a cantora, que deve lançar uma música com Marília enquanto estará confinada no reality.

Primeiro, João Gustavo comentou a notícia do lançamento do dueto ironizando a escolha de lançá-la durante o programa: “Parabéns, Naiara. Isso eu já sabia, você nunca enganou ninguém”, escreveu.

Na sequência, ele diz que todo mundo sabia que a sertaneja entraria no “BBB” para se promover e que não vai tirar o nome de sua irmã da boca. E afirmou que fará de tudo para eliminar a sister. “Todo mundo já sabia que você entraria no BBB pra se promover, e eu sei que você não vai tirar o nome da minha irmã da boca, então eu vou fazer de tudo pra que você não fique dentro dessa casa”, disse João Gustavo.

João Gustavo, que também é cantor, disse que não vai aceitar que ninguém ganhe em cima do nome de Marília Mendonça, que morreu no último mês de novembro, após um acidente de avião em Minas Gerais.

Na sequência das declarações de João, a equipe de Azevedo informou que a gravadora dela teria informado que o feat das cantoras receberia uma autorização em fevereiro de 2022. O pronunciamento foi, mais uma vez, rebatido pela família de Marília, que externou nunca ter sido procurada por ninguém do escritório da atual integrante do elenco programa da Globo.