ISTOÉ Gente

Grammy Latino lamenta morte de Marília Mendonça: ‘Fará muita falta’

Crédito: Reprodução/Instagram

Marília Mendonça (Crédito: Reprodução/Instagram)


Entre as inúmeras homenagens à Marília Mendonça, uma delas foi feita pelos organizadores do Grammy Latino, o “Oscar da música”. Na redes sociais do prêmio, Manuel Abud, CEO da Latin Recording Academy, reforçou a admiração pelo legado da cantora.

“Marília Mendonça foi uma jovem cantora/compositora promissora e voz de uma nova geração da música sertaneja no Brasil. Ela fará muita falta, mas seu legado viverá através da sua música. Nosso coração está com sua família durante este momento difícil”, escreveu Abud.

A rainha da sofrência foi indicada pela primeira vez ao Grammy Latino em 2017, na categoria Melhor Álbum de Música Sertaneja. Em 2019, seu álbum “Em Todos Os Cantos” venceu a premiação. Neste ano, Marília foi indicada para a 22ª edição do prêmio na mesma categoria, desta vez pelo projeto “Patroas 35%”, feito com suas melhores amigas, a dupla Maiara e Maraisa.